Criamos um breve glossário com alguns termos e expressões utilizadas no mundo dos negócios que podem ser úteis para você no seu cotidiano como empreendedor.

O glossário veio para facilitar o entendimento de terminologias técnicas usualmente utilizadas na economia, contabilidade, em bancos, artigos, publicações e outros.

ADIMPLÊNCIA

Cumprimento da obrigação contratual.

AGÊNCIA DE FOMENTO

Tem como objeto social a concessão de financiamento de capital fixo e de giro associado a projetos na Unidade da Federação onde tenha sede.

ALÍQUOTA

É o percentual (a fatia) a ser aplicado sob uma base de cálculo, é parte que incide sob o valor a título de juros, correção, cálculo de tributos.

ANO FISCAL

Período de 12 meses designado pela empresa como seu contábil, que uma vez estabelecido, raramente é modificado. No Brasil, o período mais comum vai de janeiro a dezembro.

BALANCED SCORECARD (BSC)

É uma ferramenta de gestão que dá suporte à medição a partir de quatro perspectivas de desempenho organizacional: financeira; do cliente; de processos de negócios internos; e de aprendizagem e crescimento. Cria um sistema de objetivos, medidas, metas e iniciativas interligadas que, juntos, descrevem a estratégia da empresa para alcançá-los.

BENEFICIÁRIO

É quem vai receber o valor cobrado em um boleto. Normalmente, é uma empresa onde foi feita uma compra ou que prestou um serviço.

CARTA DE CRÉDITO

É um documento emitido por uma instituição financeira afirmando que seu portador possui um crédito disponível no valor nele especificado. São vários os exemplos de carta de crédito: uma instituição financeira pode fornecer uma carta de crédito após aprovação prévia de crédito para financiamento de imóveis (casa, apartamento etc.), bem como para pagamento de operações de importação ou exportação.

COTA (de consórcio)

Em um consórcio, significa uma identificação numérica da participação do consorciado em um grupo de consórcio. Cada grupo de consórcio é formado por um número definido de cotas, e cada consorciado pode participar do grupo com uma ou mais cotas.

CRÉDITO PRÉ-APROVADO

É um valor que a instituição financeira deixa disponível para que o cliente pegue emprestado sempre que precisar, sem que precise ir ao banco para contratar o empréstimo. O tipo mais comum é o cheque especial, que pode ser utilizado quando a conta-corrente de uma pessoa fica sem recursos.

ENCARGO

É um termo geral, utilizado para nomear os valores que as instituições financeiras cobram dos clientes nas contratações de serviços e operações financeiras, como tarifas, comissões, impostos, seguros etc.

HIPOTECA

É um tipo de garantia de pagamento de uma dívida, geralmente baseada em um bem imóvel. Caso o devedor não pague suas obrigações adequadamente, o bem utilizado para a hipoteca (um apartamento, por exemplo) poderá ser tomado pelo credor e vendido em um leilão.

INFLAÇÃO

É o aumento contínuo e generalizado do preço dos bens e serviços.

JUROS COMPOSTOS

É uma forma de calcular os juros de uma dívida ou de um investimento. Nesta forma, o valor dos juros de um período (dia, mês, ano) é acumulado, em uma determinada data, no saldo devedor ou saldo do investimento, para o cálculo dos juros do período seguinte.

JUROS SIMPLES

É uma forma de calcular os juros de uma dívida ou de um investimento. Nesta forma, o valor dos juros de um período (dia, mês, ano) é sempre calculado sobre o valor inicial da dívida ou do investimento. Diferentemente dos juros compostos, o valor dos juros do período anterior não é acumulado no saldo devedor ou saldo do investimento, para o cálculo do valor dos juros do período seguinte.

MORA

É um encargo que a instituição financeira cobra do devedor quando este faz o pagamento de uma dívida com atraso, para compensar o fato de só ter recebido o valor devido depois da data combinada. Os juros de mora também servem como uma punição para as pessoas não deixarem de pagar as contas em dia.

PORTABILIDADE DE CRÉDITO

É uma forma de se levar uma dívida de um banco para outro. A pessoa que pegou crédito (dinheiro emprestado ou financiado) em um banco pode levar essa dívida e passar a pagar as prestações em outro banco, se esse outro banco concordar com isso. A portabilidade do crédito é usada quando o outro banco oferecer juros, tarifas e encargos de empréstimo ou financiamento mais baratos que o primeiro.

RECEITA

É todo tipo de ganho, recebido em troca de trabalho, por prêmio ou por vendas.

TAXA DE ADMINISTRAÇÃO

É a remuneração cobrada pela instituição financeira para administrar os recursos aplicados pelos diversos cotistas em um fundo de investimento.

VALOR AMORTIZADO

É a parte do principal de uma dívida que já foi efetivamente abatida pelas amortizações. No segmento dos consórcios, é a parte dos valores já pagos por um consorciado que foi destinada ao fundo comum do grupo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *